Minha alma… dói…

By on 27 de abril de 2017

creepy

A maca choca-se contra a parede. Acima desta mesma maca há uma luz, indecisa. Ora acesa, ora apagada. Faíscas provêm da lâmpada. Espera… como a Maca chocou-se contra a parede, se não há ninguém aqui?

Um dia antes…

Não faço a mínima de ideia de onde estou. É frio aqui. Azulejos brancos com disformes manchas de sujeira predominam neste imundo lugar. Seria aqui um hospital? Ai… minha cabeça dói… minhas pernas doem… meu corpo dói… minha alma dói…

Com muitos esforços levanto-me. Sinto meus pés latejarem e, por um breve momento, cambaleio e caio de cabeça no chão. Sinto uma onda de dor e um intenso formigamento me percorrerem de ponta a ponta. A dor é tanta que parece que a qualquer momento meus olhos podem saltar de suas órbitas.

Já se passaram vinte minutos, já sou capaz de me levantar sem causar mais estragos. Meu corpo inteiro ainda está dolorido, no entanto tenho de fazer alguma coisa, caso contrário morrerei aqui. Envio todas minhas forças às minhas pernas e pés e levanto, desta vez, sem cambaleios.

Começo a andar, lentamente, mas começo. Minha visão está embaçada, porém é o suficiente por ora; poderia estar cego, devido às condições. Berro o mais alto que posso, uma vez que não durarei muito com essas pernas fatigadas. Os meus berros devem se assemelhar a um assovio, minhas cordas vocais estão se desintegrando – ou algo muito parecido.

Não escuto resposta alguma. Ao invés disso um flash em minha mente desnorteia-me.

“Pare!! Pare!!” – Gritava a inocente mulher. Seus gritos me relaxavam. Seus gritos me davam vida. Seus gritos eram doces e agoniantes. Que sensação maravilhosa…

“Deixe a criança em paz! ” – Urrava o pobre pai. Mesmo assim eu matava seu querido filhinho perante seus olhos. Matava não, deixava em estado terminal, para que os pais o levassem ao hospital e o vissem morrer em uma maca. O delicioso barulhinho do monitor de batimento cardíaco zerado…

“Não! Fique longe…” – As últimas palavras sempre eram as melhores…

Após esse flashback… ei! Quanto tempo fiquei desacordado?

A maca choca-se contra a parede. Acima desta mesma maca há uma luz, indecisa. Ora acesa, ora apagada. Faíscas provêm da lâmpada. Espera… como a Maca chocou-se contra a parede, se não há ninguém aqui?

Será que não estou sozinho? Grito desesperado, ou pareço gritar, peço por ajuda. Inúmeras figuras negras com olhos vermelhos formam um círculo ao meu redor. Suo frio. Passam-se dois minutos, nada ocorre. O que elas querem afinal? Tento me levantar, quando, de repente, algo traspassa minha cabeça… meus olhos estouram e sei que me restam poucos segundos de vida. Parece que foi de propósito, na verdade, tenho certeza que foi de propósito, não me mataram instantaneamente, porque querem me ver agonizar. Mas como um golpe desses não me matou de imediato?

Minha mente vira um breu…

Ai… minha cabeça dói… minhas pernas doem… meu corpo dói… minha alma dói… espera… de novo? Como assim?

Escuto um insuportável ruído… meus ouvidos começam a sangrar, só que é sangue preto… minha cabeça está prestes a explodir, não suporto mais… que inferno!!

Flash…

“Vai se fuder! Fica longe de mim! “ – Choramingava o homem. Comecei a rir da desgraça alheia, um sorriso libidinoso surgiu em minha face… quando estava prestes a desferir o golpe final, senti minha cabeça ser atingida por algo rígido e conciso. Apaguei na hora.

Não tornei a acordar…

Desta vez, mais figuras estão ao meu redor. Agora sei o porquê de eu estar aqui. Estou eternamente preso nesse lapso temporal. Viverei para sempre nesse hospital, onde eu deixei vários, sofrendo, agonizando. Não tem como minha alma doer… nunca tive uma… todo dia morrerei e reviverei… nessa vastidão de meus pensamentos sem vida…


Se inscreva no nosso canal. E escolha um tema para ser narrado.

Perfil no Gooogle+: Clã do Terror

Perfil no Instagram: Clã do Terror

Em nosso perfil no instagram, estamos postando fotos macabras retiradas da internet. entre e confira todas elas.

Perfil no Pinterest: Clã do Terror

Perfil no Tumblr: Clã do Terror

 

Comentários

Comentários



Gostou? Então Compartilhe o conhecimento :)