Capítulo #3 – Nunca jogue sozinho

Capítulo #3 – Nunca jogue sozinho

Por em 8 de janeiro de 2017

Capítulo 3

Onde eu estou? Um avião?!
– Sim haha.
Desgraçado além de me chantagear ainda senta ao meu lado.
– Como quer que eu mate 10 pessoas aqui?
– Mudanças de planos, você terá que derrubar esse avião.
– Mas tem mais de 100 pessoas aqui seu desgraçado!!.
– É pegar ou largar humano.
Fui até o banheiro para jogar uma água no rosto eu não acreditava que estava fazendo isso olhei para o espelho e vi uma sacola de dinamites atrás de min, o desgraçado já deixou aqui pra min amarrei a dinamite na cintura e fui até a cabine do piloto bati e ele não abria ate que chegou uma aeromoça pedindo para eu ir me sentar então levantei a blusa e mostrei as dinamites ela ficou em choque, ela se comunicou com o piloto e o copiloto e eles abriram a cabine. O Piloto já estressado falou
– Mas que diabos está acontecendo aqui no meu… Que porra é essa? Você está louco quer explodir tudo?
– Desculpe, mas eu preciso.
O demônio começou a sussurrar no meu ouvido.
– Vai o faça descer o leme, o faça bater.
O desgraçado não parava de sussurrar no meu ouvido. Eu já irritado gritei.
– Tire todo o combustível do avião agora!
A Aeromoça já chorando perguntou
– Se você quer derruba-lo porque não explode de uma vez.
– É uma longa historia.
O piloto assim obedeceu a minha ordem e começou a soltar o combustível que já pouco tinha, o avião foi perdendo altitude cada vez mais rápido então o demônio apareceu.
– Parabéns John você conseguiu hahaha mas que pena que não vai sobreviver hahaha.
– Como assim a gente tinha um trato seu desgraçado.
– Isso, a gente tinha, mas não tem mais hahaha muito obrigado pelas almas John hahaha.
– Quem diabos é você seu desgraçado?
– Eu? Eu sou o pai do Mike.
Lá estava eu, com 5kg de dinamite enrolada no peito, inconformado. Não sabia oque fazer para me salvar e salvar a todos nesse avião, como pude ser tão burro? Como pude confiar em um demônio? Quando de repente tudo para, não entendia, o avião estava parado no ar todos estavam como estatuas e ouço uma voz clara e serena.
– John ainda da tempo de pedir perdão e ter uma chance de salvar a todos.
– Quem está falando?
– Eu sou aquele em que você não acreditou John deixou que o demônio invadisse sua mente, mas estou aqui agora para te dar uma chance de ganhar seu perdão, mas você pagará com a vida pelos seus atos.
– Deus? É você senhor? Eu pagarei, mas não me mande de volta para aquele lugar.
– Calma John você irá para o mesmo lugar no qual seu amigo Mike está.
Meus olhos enchem de lagrimas.
– Mi.. Mike? Ele realmente está no céu?
– Mas é claro John, você não sabe mas ele sofreu muito em sua infância, nunca esqueceu uma vez se quer de orar pedindo para que levasse o pai dele pois ele sabia quem realmente era seu pai.
– Eu pago Senhor.
– Você aceita Jesus Cristo em seu coração John?
-Sim, Senhor eu aceito.
E Tudo volta ao normal, aeromoças chorando, o piloto desesperado e quando menos esperávamos um milagre! O alarme de falta de gasolina para de apitar e o tanque fica cheio em segundos, o piloto não entendia oque tinha acontecido e perguntei para ele.
– Consegue pousar em segurança?
Ele sem entender nada diz
– Si… Sim consigo.
Do nada sinto meu corpo ficando fraco, minha vista se apagando, então no último suspiro eu digo
– Estou indo Mike.

Quer a continuação da creepypasta? Então entre em nossa comunidade e entre em contato com a equipe oficial.

parceria

Gostou desse artigo? Então compartilhe com seus amigos! E não se esqueça de curtir nossa pagina no Facebook .

Siga-nos nas redes sociais:

Nosso perfil no Amino: Clã do Terror

Perfil do Autor(Amino): Pombo do inferno 

Perfil no Instagram: Clã do Terror

Related Post

Comentários

Comentários

Conheça o canal do Clã do Terror no YouTube.

Gostou? Então Compartilhe o conhecimento :)